sábado, 18 de abril de 2009

Kanten (観点、かんてん)- Ponto de vista - Ninjas e samurais na visão dos europeus

Acabei de ler um artigo muito interessante e gostaria de compartilhar com vocês.

Intitulado "O Japão mal-compreendido pelo exterior", ele fala um pouco da imagem distorcida que os estrangeiros ainda têm em relação ao país do Sol nascente:



Dias atrás, um senador americano criticou o CEO da seguradora AIG dizendo: "Ele deve seguir o exemplo dos japoneses: se desculpar ao povo americano, e após isso renunciar ao cargo ou se matar. Assim, até eu posso pensar em perdoá-lo".

Pelo raciocínio "Espelhe-se nos japoneses e se mate bravamente", percebe-se que os europeus ainda possuem uma idéia errônea sobre o povo japonês. O autor do livro "Coletânea de piadas sobre o Japão mundo afora" (não disponível em português) Takashi Hayasaka conta seus relatos:

"Quando estava na França, um rapaz de 20 e poucos anos me abordou e perguntou:

'No Japão ainda existem ninjas, certo?'
.

Mesmo com a minha negação, ele insistiu, dizendo:

'Você acha que não existem porque eles moram escondidos nas montanhas!'
.

Interpretei isto como um pensamento típico de um francês fã de ninjas. Tanto é que na Universidade de Nice, existe até um grupo chamado 'Clube dos Ninjas'!"

"Ainda, os europeus ficam admirados quando jogadores como Ichirō e Matsui fazem homerun e percorrem as bases sem qualquer comemoração. Aí que reafirmam: 'Eles são mesmo samurais...!'"

"Baseado na imagem de 'país da tecnologia', na Romênia me pediram:

'Conserta meu walkman?', 'Arruma meu carro?'.

Quando neguei dizendo que não era especialista em tecnologia, disseram 'Ahh você é chinês, então?'.

"Em outra ocasião, me pediram:

'Você pode fazer sushi na festa que vou fazer em casa?'

e ficaram espantados quando expliquei que amadores como eu não sabem fazer sushi. Para eles, sushi é uma comida simples do cotidiano japonês. Ainda, os leste-europeus acreditam que todos japoneses são mestres na arte do Karatê."

Vamos tomar cuidado nas viagens ao exterior.



Quem quiser ler o artigo original e na íntegra (me senti obrigado a pular uma parte!), clique aqui.

Bom, na Romênia eu até entendo... Mas na França?! Um país do G-7?!

Imagina o que devem pensar do Brasil, então?
Deve ser que nem minha coleguinha de 4ª série do Japão que me perguntou:

"No Brasil tem ruas asfaltadas que nem aqui?"

2 comentários:

Mariza disse...

Gabriel, muito interessante o tema deste post, nós nissei, em particular podemos nos decepcionais por comentários tanto com relação ao japoneses como com os relacionados ao brasileiros não é?

Beijosss

Anônimo disse...

eu sou um pouco suspeito ao falar algo, pq tenho grandes amigos que são orientais e qdo nos conhecemos tb perguntei sobre a os costumes japoneses e me surpreendi ao receber como resposta: "vc sabe mais de coisa japonesa que eu"
dai, entendi que o simples fato de ser japones não significa ter o pleno conhecimento na cultura. é algo natural não saber. sou brasileiro e não curto futebol, ao contrario, só torço pela seleção brasileira a cada 4 anos.
otimo post gabirel!!!
ps: vc ta add no msn, ok?

murilo m.