quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Pré-Intemediário - 『なければなりません』, parte II

Continuando o post sobre a conjugaçãoなければなりません, gostaria de falar sobre outras maneiras de se dizer a mesma coisa, pois convenhamos, essa expressão é longa demais pra dizer "preciso + (verbo)", não é?

Pois bem. Uma alternativa é dizer:


なければならない(です)』


Como em:


『3時(じ)40分(ぷん)までにチェックインしなければならないです。』


"Preciso fazer check-in até às 3:40."


Neste caso, o que ocorreu é simplesmente a redução de なりません para ならないです, que é praticamente equivalente, talvez um pouquinho menos formal, mas mais usual.

Mas já a frase abaixo é um pouco diferente:


『今日(きょう)(じゅう)に子供(こども)の名前(なまえ)(き)めないといけないです。』

"Preciso decidir o nome do(a) meu (minha) filho(a) ainda hoje."


Disse "um pouco" diferente, mas se for ver, é bem diferente, não?

Mas por incrível que pareça, a estrutura


forma ない +  + いけない


é equivalente a なければならない, com a diferença que é mais informal.

Mas há outras opções mais informais ainda!

Uma derivação desta acima seria:


『来月(らいげつ)の試験(しけん)までに6(ろくさつ)の本(ほん)(よ)まなきゃいけない。』

"Até o exame do mês que vem, tenho que ler 6 livros."


Nunca vi nenhuma explicação referente a esta forma なきゃ, mas acredito que tenha surgido com o tempo, conforme as pessoas ficavam preguiçosas pra dizer as formas padrões.

Mas vale lembrar que esta 『なきゃ』 é levemente feminina, ok?

E existe ainda outra forma, mais informal ainda:


『毎日(まいにち)牛乳(ぎゅうにゅう)を飲(の)まにゃいけん。』

"Tenho que beber leite todos os dias..."


Esta é uma derivação de 『なきゃいけない』, e apesar de feia, é usada com bastante frequência em situações informais!

Aliás, é normal que os verbos na forma negativa, ou seja, forma ない, virem forma . Por exemplo:


『あいつ、一人(ひとり)では何(なに)出来(でき)。』

"Aquele lá não consegue fazer nada sozinho."


Mas prefiro abordar isso em outro post, com mais calma!

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Pré-Intemediário - 『消さなければなりません』

Imagine que você está em um bar com alguma pessoa do Japão e, quando você volta do banheiro, esta pessoa acendeu um cigarro.

Bom, não sei quantos estados brasileiros foram abençoados com a lei anti-fumo, mas felizmente, se fosse aqui em Londrina, você seria obrigado a dizer o seguinte:


(いま)は全(すべ)てのバーやパブが禁煙(きんえん)ですから、

タバコを消(け)さなければなりません



Quero dar ênfase ao verbo消す消します, "apagar", que está conjugado na forma なければなりません.

Talvez eu já tenha postado algo relacionado antes, mas hoje quero aprofundar um pouco mais. Primeiro, como parece meio comprido dizer なければなりません, vamos decompor a expressão em duas:


なければ』 + 『なりません


A primeira parte, 『なければ』, é a forma condicional de 『ない』, que é simplesmente a forma negativa dos verbos.

Já a segunda tem o sentido de "formação, realização, obter sucesso", mais ou menos. Então, seria mais ou menos dizer, num jargão bem popular:


"Se não (verbo), ferrou."


Claro que, na tradução, não precisamos recorrer a algo esdrúxulo assim, pois a conjugação indica simplesmente obrigação!

Ou seja, a tradução da frase seria:


"Agora, em todos os bares e pubs é proibido fumar,

então você precisa apagar o cigarro."



Simples assim. Esta forma deve ser usada sempre que a intenção for expressar algo que precisa ser feito, alguma obrigação.

E apesar de aparentemente comprida, é fácil chegar a esta conjugação:


forma ない - + ければ + なりません


Outros exemplos:


『明日(あした)までにプレゼントを(おく)らなければなりません。』

"Preciso enviar o presente até amanhã."


『来年(らいねん)は絶対(ぜったい)にポールのコンサートに(い)かなければなりません。』

"No ano que vem, tenho que ir ao show do Paul sem falta."


É, isso é sério. Se eu não for, acho que entro em depressão aguda!

No próximo post continuo a respeito desta conjugação, senão fica muito longo!

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

今日の言葉 - Palavra do dia - 早起き ★★★

Uma palavra que nem todos devem gostar:


早起き

はやおき


/ha.ya.o.'ki/


早い é "cedo", e 起きる起きます é o verbo de "acordar, se levantar". Portanto, 早起き é o ato de levantar cedo!

Exemplos:


『毎日(まいにち)早起きするのは体(からだ)にいいですが、時々(ときどき)(つら)いです。』

"Acordar cedo todos os dias é bom para o corpo, mas de vez em quando é difícil."


『私(わたし)の仕事(しごと)早起きしなくてもいいです、幸(さいわ)いに。』

"No meu trabalho, não preciso acordar cedo, felizmente."


Um detalhe importante: os kanjis e são parecidos, mas curiosamente têm significados exatamente opostos!

Aliás, 辛いpode ser lido também comoからい, que, embora soe meio pejorativo, significa apenas "ardido".

Pré-Intemediário - 『どこに住みますか?』

Vejamos a seguinte frase:


トシオ君(くん)はどこに住(す)みますか?


Ela está correta?

A resposta é: depende.

Se você quiser perguntar: "Onde você mora?", então está errada.

Mas caso a pergunta seja: "Onde você irá morar?", aí sim está certa.

Como se sabe, em nihongo não há conjugação verbal para o futuro, usa-se a mesma do presente. Por isso, em muitas frases, para deixar claro que é uma referência ao futuro e não ao presente, é preciso inserir alguma palavra como "amanhã", "depois", "ano que vem" etc.

No caso da frase acima, não é necessário, já que o verbo deixa evidente que se trata do futuro.

Então como se faz a pergunta tão simples "Onde você mora?"?

Assim:


『どこに住んでいますか?』


Opa, mas aí não é a forma て, que em muitos casos, como este, vira , e expressa ação contínua, isto é, gerúndio?

A princípio sim, mas há exceções! São casos como este que não fazem muito sentido se utilizados na forma ます.

Outros exemplos simples que lembrei agora são:


(はたら)きます, "trabalhar"


勉強(べんきょう)します, "estudar".


A explicação básica é que estas são atividades transitórias! É possível afirmar que praticamente ninguém mora em um único lugar, trabalha no mesmo emprego ou estuda a mesma coisa durante a vida toda, certo?

Por isso, deve-se dizer:


『電気(てんき)製品(せいひん)の会社で働いています。』

"Trabalho em uma empresa de produtos eletrônicos."


『ポルト・アレーグレで日本語を勉強しています。』

"Estudo japonês em Porto Alegre."


Lembrei de outro:


『大学(だいがく)で数学(すうがく)(おし)えています。』

"Ensino Matemática em uma universidade."


Ah sim, naturalmente, a tradução poderia ser também no gerúndio, claro! Nesse caso, não há distinção.


Há outros casos relacionados a isso que gostaria de abordar, mas como já ficou meio longo, vou terminar por aqui, ok?

sábado, 26 de dezembro de 2009

今日の言葉 - Palavra do dia - 運, ★★

Uma palavra que tem um pouco a ver com esta época do ano (a não ser que você seja cético como eu!):




うん


/un/


Sim, simplesmente "un", o mesmo que a versão informal de はい, para responder algo positivamente.

Pode ser traduzido como "sorte", mas como são acompanhados pelos adjetivos いい, "bom", e (わる), "ruim", a tradução literal ficaria meio estranha (ou meia estranha, como muitos dizem): "Sorte boa" e "sorte ruim".

Então é melhor traduzir como "ter sorte" e "ter azar", respectivamente.

Vejamos alguns exemplos:


よかったら2月(にがつ)でも富士(ふじ)(さん)がはっきり見(み)えますよ。』

"Se tiver sorte, até mesmo em fevereiro é possível ver o Monte Fuji."


『私(わたし)が悪いですから、ビンゴをしても何(なに)ももらいません。』

"Como tenho azar, mesmo jogando bingo não ganho anda."


がいい日(ひ)は50キロのマグロを3匹(びき)も釣(つ)ります。』

"Nos dias em que estou com sorte, pesco até 3 atuns de 50 kg!"


Não, eu não sou pescador! :)

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Pré-Intermediário - As Quatro Estações

Hoje gostaria de falar sobre as quatro estações e alguns vocabulários ligados a elas.

Bom, "quatro estações" se diz 四季(しき), /'shi.ki/, quase como pronunciamos o termo francês abrasileirado "chique". Aliás, a obra-prima de Antonio Lucio Vivaldi também ganhou esta tradução literal.

"estação" é 季節(きせつ), /ki.'se.tsu/. Interessante observar que o kanji aparece em ambos, e tem o sentido de "marco, divisão".

Quanto às estações propriamente ditas:


(はる), (なつ), (あき), (ふゆ)

/'ha.ru/, /'na.tsu/, /'a.ki/, /fu.'yu/


Não sei se aqui no Brasil costumamos dizer as estações em alguma ordem específica, mas no Japão é sempre a partir da primavera, imagino que por simbolizar um recomeço, uma nova etapa! Aliás, o ano letivo escolar também começa em abril.

As quatro estações podem formar também uma palavra:


春夏秋冬

しゅんしゅうとう

/'shun.ka.'shū.'tō/


Apesar que quase não é utilizada no dia-a-dia; serve mais para simbolizar as estações. Googlei agora e, de fato, os resultados se referem mais a nomes comerciais, de música etc.

Algo mais relevante ligado às estações são os adjetivos associados a cada uma delas:


  (あたた)かい

  (あつ)

  (すず)しい

  (さむ)


Acredito que 暑い, /a.'tsui/ e 寒い, /sa.'mui/ sejam mais familiares, mas暖かい, /a.ta.ta.'kai/, e 涼しい, /su.zu.'shī/, são meio problemáticos porque não possuem uma tradução tão boa em português.

Em inglês é simples: "warm" e "cool", respectivamente. Ou seja, é mais ou menos um "quente agradável" e "fresco".

...melhor ficar com "warm" e "cool" mesmo.

Outra coisa: os adjetivosあついe あたたかいtambém podem ser usados para objetos, mas os kanjis 暑い e暖かい são exclusivos para o clima!

Para objetos, devem ser mudados, respectivamente, para: 熱い e 温かい』.

Por exemplo:

熱いコーヒー』

"Café quente"


温かい部屋(へや)

"Quarto... warm"


Ainda, 『寒い』, embora seja traduzido como "frio", também não é usado para objetos. Para dizer, por exemplo, "bolo gelado", deve-se usar:


(つめ)たいケーキ』


E para finalizar, lembram como se coloca os adjetivos da forma い no passado?

Substitui-se o porかった, certo? Por exemplo,


  熱かった


Seguindo o padrão, como que fica o passado de暖かい?




...あたたた、あたかた、あたたかた、あかかたたった、あたかたかった...

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

今日の言葉 - Palavra do dia - ヒント, ★★

Depois de 3 dias sem atualizações, vai uma palavrinha bem "light":


ヒント

/'hin.to/


ヒントを一(ひと)つあげましょう。』

"Vou lhe dar uma dica."


É interessante observar que o contador utilizado foi o , e é fácil entender porquê. "Dica" é uma coisa abstrata, isto é, intangível, certo?

Para coisas do gênero, usa-se o mesmo contador. Outros exemplos seriam:


(ゆめ)一つでも持(も)たないと人生(じんせい)は面白(おもしろ)くないです。』

"Se não tiver pelo menos um sonho, a vida é sem graça."


(い)いたいこと(ふた)あります。』

"Tenho duas coisas que quero dizer."


E claro, tantos outros.

Quanto à palavra ヒント, naturalmente vem do inglês "hint", e é usada frequentemente, pois os japoneses não se deram o trabalho de criar uma palavra própria com o significado equivalente!

Mais um exemplo:


ヒントなしではどうしてもわかりません。』

"Sem dicas, não entendo de jeito nenhum."


Ok? Espero poder atualizar mais regularmente a partir de hoje, e responder os comentários também!

Jaqueline, obrigado pelo seu comentário e fique à vontade para tirar suas dúvidas! :)

sábado, 19 de dezembro de 2009

Iniciantes - Partícula 『で』

Gostaria de falar sobre a partícula , mas de um aspecto um pouco diferente daqueles mais comumente abordados.

Vejamos a seguinte frase:


『それはそれ、これは別(べつ)の物(もの)です。』


Seria a transcrição de alguma fala, que se encaixa em qualquer contexto. 別の物 significa "outra coisa", mas qual a função da partícula em questão?

É a mesma da frase abaixo:


『タイトルはロシア語(ご)、俳優(はいゆう)はクロアチア人(じん)です。』


タイトル e 俳優 são, respectivamente, "título" e "ator". Mas caso ainda não tenha ficado claro qual o papel da partícula, com a próxima frase, deve ficar:


『「あ」はひらがな、「ア」はかたかなです。』

"é hiragana, eé katakana."


Sim, é simplesmente uma conjunção aditiva!

A primeira frase, traduzida, fica:


"Isso aí é isso aí, e isto aqui é outra coisa."


Neste caso o "e" poderia até ser omitido, é verdade.

A segunda frase:


"O título é russo, e o ator é croata."


Bom, é bastante simples, não?

Sempre termino os posts dizendo que é simples, mas... ah, o de hoje foi simples mesmo, não foi? :)

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

今日の画像 - Imagem do dia - 字幕 ★★



字幕

じまく

/ji.'ma.'ku/


字幕映画(えいが)しか見(み)ないですが、

アバターのプレビュー(ふ)き替(か)(ばん)しかないです。』

"Só assisto a filmes com legenda,

mas na pré-estréia de 'Avatar' só tem versão dublada."


Nem todas as frases que coloco como exemplo são reais ou pessoais, mas esta é.

Um
absurdo! Disponibilizaram duas sessões de pré-estréia do tão esperado AVATAR, mas ambas dubladas!!

E pra piorar, a primeira sessão da versão
legendada e em 3D será só amanhã às 22:30! Haja paciência...

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

今日の画像 - Imagem do dia - 地平線, ★★


地平線

ちへいせん


/chi.hē.'sen/


地平線くっきり(み)えるリゾートで

(なつ)(やす)みを過(す)ごしたいなぁ。』


"Ahh quero passar as férias de verão em um resort

de onde dê para ver o horizonte nitidamente!"


É, e quem não gostaria, né?

Intermediário - 『見て見ないふり』

他人(ひと)の痛(いた)みを見(み)て見ないふりをして


A frase acima é da música "Everything (it's you)" da banda Mr.Children, lançada em fevereiro de 1997, época que eu ainda morava no Japão.

Já até postei essa música antes, mas hoje quero destacar um ou dois pontos gramaticais.

Primeiro, vejamos a palavra他人. Ela é composta pelo kanji de , que é lido como ほか, /ho.'ka/, ou , e tem o sentido de "outro(a)". Assim, (ほか)の人 significa "outra pessoa".

Opa, quer dizer então que a leitura ali em cima está errada! ...não?

Depende do ponto de vista. Oficialmente, 『他人』 é lido comoたにん, /ta.'nin/, que é um modo mais formal de dizer 『他(ほか)の人』, mas na música é cantado comoひとmesmo. Isto é nada mais que um recurso muito utilizado nas letras de músicas, em que o autor atribui um determinado sentido, mas por questão de sonoridade, canta de outra maneira.

Aliás isso é bem interessante, pois é uma característica bem peculiar do idioma japonês.


Em segundo lugar, queria destacar a expressão見て見ないふり. A palavra ふり, /fu.'ri/, é o ato de "fingir" algo. Como não é difícil deduzir que 『見て見ない』 é literalmente "ver e não ver", o sentido da frase é exatamente "ver e fingir que não vê", ou "ver e fazer de conta que não vê".

Não consigo lembrar agora de outra expressão que contenha 『見て見ない』 e não seja acompanhada por 『ふり』.

Masふりpode ser usado em vários contextos. Exemplos:


『そうじのお手(て)(つだ)いをしないために寝(ね)てるふりをした。』

"Para não ter que ajudar na limpeza, fingi que estava dormindo."


『うちのの犬(いぬ)は死(し)んだふりが出来(でき)ます。』

"O cachorro de casa consegue fingir de morto."


E assim por diante.

Vou deixar novamente o clipe. A frase aparece aos 0:50.


segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Intermediário - 『やったのはやったけど』

Vejamos o seguinte diálogo:


物理(ぶつり)のテスト最後(さいご)までやった?』

あぁやったのはやったけど多分(たぶん)赤点(あかてん)。』



Percebe-se que é uma conversa bastante informal, entre dois amigos comentando sobre uma prova de física.

O que eu gostaria de destacar é a expressão da segunda fala:


やったのはやったけど


No caso foi empregado o verbo やるやります, "fazer", mas poderia ser praticamente qualquer um.

É aquela típica expressão que usamos, por exemplo, provas em que não entendemos bolhufas, e apenas enchemos linguiça pra não deixar a questão em branco!

Bom, traduzindo:


"Fez a prova de física até o final?"

"Ah, fazer eu fiz, mas provavelmente foi nota vermelha."



É interessante que se diz 赤点, ou seja, "pontuação vermelha", da mesma maneira que é dito em português!

Bom, mas vamos ver outros exemplos usando a expressão:


『ご飯(はん)(つく)れるのは作れるけど、おいしくはないな。』

"Saber fazer comida eu sei, mas boa não é, hein?"


『カラオケで(うた)うのは歌うけど、すっごく音痴(おんち)。』

"Cantar em karaokê eu canto, mas sou super desafinado."


『ロマンスの映画(えいが)(み)るのは見るけど、いつも寝(ね)てしまう。』

"Assistir filmes de romance eu até assisto, mas sempre acabo dormindo."


Então, gramaticamente, é muito simples:


Verbo no infinitivo + のは + Verbo no infinitivo + けど


Não necessariamente o 2º verbo tem que ser na forma infinitiva:


『サッカーをするのはしますけど、苦手(にがて)です。』

"Jogar bola eu até jogo, mas sou ruim."


Ok? É simples, não?

sábado, 12 de dezembro de 2009

今日の言葉 - Palavra do dia - つもり ★★

Depois de vários dias sem a palavra do dia, aqui vai uma bastante usada:


つもり

/tsu.'mo.ri/


Exemplos:


『来年(らいねん)までには新(あたら)しい車(くるま)を買(か)つもりです。』

"Minha intenção é comprar um carro novo até o ano que vem."


Gramaticamente, é bastante simples. Acima, o verbo está no infinitivo, assim como na tradução. Mas pode ser na forma negativa também:


『もうタバコは吸(す)わないつもりです。』

"Pretendo não fumar mais."


Ou também no passado:


『サンパウロへ行(い)つもりでしたけど、

(ま)(ちが)えてバイーアへ行ってしまいました。』


"Minha intenção era ir para São Paulo,

mas errei e acabei indo para Bahia."



Já a frase abaixo, que é muito utilizada, é um pouco ofensiva:


『何(なん)つもりですか?』

"O que você quer fazer?"


Ofensiva porque contém um leve sentido de "Seu louco, o que está pensando?".

De maneira mais educada, pode-se perguntar:


『何(なに)したいですか?』

"O que você quer/gostaria de fazer?"

今日の画像 - Imagem do dia - 入り口, ★


入り口

いりぐち


/i.ri.gu.'chi/


『スタジアムの入り口で待(ま)っています。』

"Estou esperando na entrada do estádio."

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

John

O texto abaixo é de autoria do meu amigo Léo, que assim como eu, é grande fã do John.

Que John?

Ora, quando se diz apenas "John", fica implícito "Lennon".

A pedido do autor, estou publicando a homenagem, e gostaria que todos lessem.



08 de dezembro de 1980 – Edifício Dakota - Nova Iorque - John Winston Lennon

No dia 08 de dezembro de 1980, quatro anos antes de eu nascer, um rapaz de óculos grossos e atitudes estranhas fez algo improvável, utilizando-se do subterfúgio de ter lido mensagens subliminares no livro "O Apanhador no Campo de Centeio"¹ (que tive o prazer ou o desprazer de ler recentemente), assassinou Lennon à queima-roupa.

Época em que o cantor, escritor e compositor tinha voltado à ativa, e lançado o disco "Double Fantasy" (novembro de 1980), após cinco anos de reclusão, cuidando de seu pequeno filho, Sean Lennon, fruto de sua perturbada relação com Yoko Ono.
Nesse disco, destaques para "Watching the Wheels" e "Woman".

Lennon, apesar de um artista e pessoa muito contraditória e por vezes insuportável, deixou na música marcas que dificilmente serão apagadas. Desde a parceria com Paul Mccartney, até à confusa, porém amorosa parceria com Yoko Ono.

Provavelmente a primeira união supracitada tenha rendido melhores frutos musicais, mas não nos esqueçamos de obras como "Imagine", "God", "Love"; e apesar de Yoko não ter ajudado fortemente em criações de peso, talvez tenha trazido mais confusão à cabeça de John, fazendo com que atingisse seu ápice em composições e arranjos.

Podemos odiar as atitudes Lennonianas, adorar suas músicas; mas certamente seu legado perdurará por muito tempo. Mesmo que os espíritos pobres tentem popularizar a cultura superior, espero que poucos como ele apareçam, pois a massificação do classicismo talvez não seja a melhor saída; apesar de clamarmos por atitudes radicais e semi-radicais em relação à cultura atual.

Por fim, agradecemos pela obra deixada, assim como a de todos os artistas de boa qualidade falecidos, que tremem no caixão a cada nova “aberração musical”.

E friso aqui e agora, John Winston Lennon não queria morrer naquela noite de dezembro de 1980, ele não previu sua morte em frente ao Edifício Dakota, não imaginava perder 80% de seu sangue com um dos tiros em sua aorta.

Porém, todos nós morremos, mas os bons morrem antes...

Seria essa a resposta?



1
- O Apanhador no Campo de Centeio: Livro sobre um jovem que está em uma espécie de metamoforse comportamental e social, e conta sobre suas frustrações e desejos futuros.
- The Catcher in the Rye -1951, por J .D. Salinger.
- Escritor que hoje tem 90 anos.
- O autor pode dormir de consciência tranquila quanto ao assassinato, não muito em relação à qualidade do livro.



Leonardo Dias Guimarães. 09/12/09. Arapongas/PR.

Pré-Intemediário - 『後』、『後で』

Vejamos as duas frases:

また後(あと)で話(はな)しましょう。』

(あと)一週間(いっしゅうかん)でアヴァターが公開(こうかい)されます。』



O que quero destacar é o kanji comum às duas frases:

Também é lido como(うし), /u.shi.'ro/, "atrás". Mas aqui a leitura é /'a.to/, que pode ter dois usos diferentes, como no caso das frases acima.

Quando se adiciona a partícula, tem o sentido de "depois, mais tarde". Então a primeira frase é simplesmente:


"Vamos conversar de novo depois."


Aliás, o oposto, "antes", é (まえ). Por exemplo:


『「ターミネーター2」を見(み)前に「1」を見ましょうよ。』

"Antes de ver 'Exterminador do Futuro 2', vamos ver o '1'!"


Já na segunda frase, o que acontece é:


+(período de tempo)』


Não é muito difícil deduzir que significa "falta (tanto tempo) para...".

Quer dizer que, ao invés de一週間, que é "uma semana", poderia ser一時間(いちじかん), "uma hora", 一日(いちにち), "um dia", 一年(いちねん), "um ano" e assim por diante.

Portanto a tradução fica:


"Falta uma semana para que 'AVATAR' estreie."


Ou, em uma tradução mais literal,


"Mais uma semana e 'AVATAR' será estreado."


Ah sim, 公開 é "estréia" (ou bizonhamente "estreia", segundo a nova norma, certo?) , e されます é a voz passiva de します, algo que abordei muito superficialmente, até agora.

É bastante simples montar exemplos parecidos:


4分(ふん)で5時(じ)です。』

"Faltam 4 minutos para as 5."


『僕(ぼく)の誕生日(たんじょうび)まで17日(にち)です。』

"Faltam 17 dias para o meu aniversário."


Ah, faltam mesmo, mas não que eu me ligue pra data de aniversário, ok? Pelo contrário, até!

Mais importante que ficar mais velho é a estréia de AVATAR mesmo! Não sei vocês, mas estou contando as horas... e o empolgante é que acabei de ler uma resenha de um inglês que foi a uma premier e disse que as cenas mais fantásticas não foram incluídas nos trailers, sem contar, claro, que o filme é em 3D.

Mas para a tristeza dos japoneses, só no Japão, a estréia foi adiada para dia 23. Espero que isso não aconteça por aqui, senão... capaz de eu fazer que nem o Eric Cartman, do South Park, que não consegue esperar pelo lançamento do Wii e resolve se congelar até o dia.

Bom, chega de falar besteira. Espero que tenham entendido como se usa o kanji !

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Iniciantes - Como se referir a membros da família

É bastante curiosa a maneira como os japoneses mudam o jeito de se referir a uma mesma pessoa. Até mesmo na família isto ocorre, então pensei em dar uma resumida nessa questão.

Para começar, como se referir à própria família, formalmente:


Pai: (ちち), /'chi.chi/

Mãe: (はは), /'ha.ha/

Irmão mais velho: (あに), /'a.ni/

Irmão mais novo: (おとうと), /o.tō.'to/

Irmã mais velha: (あね), /a.'ne/

Irmã mais nova: (いもうと), /i.mō.'to/


Para se referir à família de terceiros, formalmente:


お父(とう)さん

お母(かあ)さん

お兄(にい)さん

弟さん

お姉(ねえ)さん

妹さん



Para se referir à própria família, informalmente:


お父さん

お母さん

兄ちゃん

姉ちゃん





É comum colocar ぼくの, わたしの, ou mesmoうちの antes, só pra deixar bem claro a quem se refere.


Para se dirigir a própria família:


(お)父さん

(お)母さん

兄ちゃん

姉ちゃん



Para irmão ou irmã mais novos, usa-se apenas o nome. O é opcional, mas lembrando que sua omissão diminui o grau de formalidade. Não que precise ter formalidade entre pais e filhos, mas... vai que o pai ou a mãe estão bravos?

Lembrando também que, ao falar diretamente com os pais, não se diz "você", ou seja, não se usa o pronome あなた(ou qualquer outro), muito menos o nome, claro.

Sei que faltou avó, avô, tio, tia, primos etc., mas o post ficaria muito longo, então fica pra uma próxima!

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Lost in translation - 『飛行機で歩く』

飛行機(ひこうき)で歩(ある)いたことありますか?

Como você responderia esta pergunta?

Ora, é simples, está perguntando se já andei de avião, portanto... sim! ...certo?

Não, errado!

Bom, se você já andou de avião, então obrigatoriamente deve responder "sim" a esta pergunta. Quer dizer então que ela está gramaticamente correta? Sim, mas sua tradução não é bem aquilo que aparenta ser!

Na verdade, ela está perguntando:


"Você já andou em um avião?"


Isto é, "já caminhou dentro de um avião?". Bom, acredito que todo mundo que já caminhou dentro de um avião tenha também voado nesse mesmo avião... ou não?

Enfim, como se faz a pergunta que supostamente se intencionava fazer com a frase acima?


『飛行機に(の)ったことありますか?』


Proonto, agora está certo!

Mas... alguém pode questionar:


"O verbo 乗る乗ります não é 'montar', como em (うま)に乗ります』,
'montar a cavalo'?

Então a frase aí não seria 'montar no avião'?"



Calma.

Realmente, 乗ります pode ser traduzido como "montar", mas se a frase não estiver falando de animais, aí é no sentido de "usar um meio de transporte".


"Mas o cavalo também não é um meio de transporte?"


Sim, sim, é! Mas... entenderam, né?

Para dizer "andar de (qualquer meio de transporte)", deve ser usado o verbo 乗ります.

Exemplos:

『日本でモノレールに乗りました。』

"Andei de monorail no Japão."


『ヘリコプターに乗りたいですけど、怖(こわ)いです。』

"Quero andar de helicóptero, mas tenho medo."


『一輪車(いちりんしゃ)乗れますか?』

"Consegue andar de monociclo?"

domingo, 6 de dezembro de 2009

Antônimos - 硬い↔ 軟らかい

(かた), /ka.'tai/↔ (やわ)らかい, /ya.wa.ra.'kai/


『僕(ぼく)が作(つく)ったパンはれんがみたいに硬い。』

"O pão que eu fiz está duro que nem tijolo."


『赤(あか)ちゃんのほっぺたは赤(あか)くて軟らかい。』

"As bochechas dos bebês são vermelhas e macias."

sábado, 5 de dezembro de 2009

Intermediário - Conjugação verbal: させられた, Exemplos

Alguns dias atrás postei a conjugaçãoさせられた, e aqui vão alguns exemplos de como usá-la:


『先輩(せんぱい)にビールを2リットルも(の)まされた。』

飲む飲ませた+された

"Fui obrigado pelo veterano a beber 2 litros de cerveja."


『冬(ふゆ)に10キロも(はし)らされる。』

走る走らせる+される

"Sou obrigado a correr até 10 km no inverno."


『仕事(しごと)で80年代(ねんだい)のパソコンを使(つか)わされてる。』

使う使わせる+されて(い)る

"No trabalho, estou sendo obrigado a usar um PC dos anos 80."


『自分(じぶん)の名前(なまえ)を日本語で(か)かされた。』

書く書かせた+された

"Fui obrigado a escrever meu próprio nome em nihongo."



『みんなの前(まえ)でブラジルの国歌(こっか)(うた)わされた。』

歌う歌わせた+された

"Fui obrigado a cantar o hino do Brasil na frente de todos."

今日の画像 - Imagem do dia - あくび ★


あくび

/a.ku.'bi/


『食(た)べた後(あと)あくびが止(と)まらないです。』

"Depois que como, meus bocejos não param."

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

今日の言葉 - Palavra do dia - 挑発 ★★★

Depois de alguns dias de abstinência de palavra do dia, aqui vai uma:


挑発

ちょうはつ


/chō.'ha.tsu/


Confesso que não sei exatamente o porquê da junção dos dois kanjis, mas tem o sentido de "desafio", então deve ser por aí.

Não é uma palavra usada diariamente, mas vamos ver um exemplo, pelo menos:


挑発をして、頭(ず)(つ)きを食(く)らう選手(せんしゅ)を見(み)たのは一回(いっかい)だけかな。』


Vamos por partes.


頭突き, /zu.tsu.'ki/, tem o kanji de (あたま), "cabeça"; e simboliza "choque, impacto". Portanto 頭突き é "cabeçada" mesmo.

Mas cabeçada como um golpe ofensivo! Não espere escutar isso durante a narração de um jogo de futebol... a não ser em casos especiais como a situação descrita acima, claro!


Bom, logo depois vem o verbo 食らう食らいます, que usa o kanji (た)べる, "comer".

Hm... haja criatividade para associar uma cabeçada com o verbo comer, hein? Mas não é caso não.

食らう
é um verbo meio chulo, portanto é difícil escutá-lo na forma 『食らいます』. É simplesmente o verbo de "sofrer um golpe".

Então agora a frase fica mais fácil:


"Acho que foi só uma vez que vi um jogador fazer
uma
provocação e levar uma cabeçada."



Ok? Não foi uma palavra muito útil, mas pelo menos é diferente, certo?
:)

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Curiosidade - Técnica de sobrevivência de uma coruja

Assisti ao vídeo abaixo pelo Chongas, e acho que vale a pena compartilhar convosco!



Curioso, não?

Agora vamos ver algumas palavras que aparecem no vídeo.

Bom, logo no início, aparece第一位(だいいちい), que é simplesmente "1º lugar", pois trata-se de um ranking de bichos com técnicas curiosas.

Ah sim, フクロウ é "coruja", claro.

0:27

(てき)が近(ちか)づいてくると変身(へんしん)する!』

"Quando um inimigo se aproxima, se transforma!"


1:30
一体(いったい)どうなるのか?』

"Afinal, como fica?"


2:08
通常(つうじょうじ)の半分程(はんぶんほど)の大(おお)きさに

"Fica mais ou menos na metade do tamanho normal"

2:17

(き)(えだ)?』

"Galho de árvore?"



O narrador comenta que, com essa "transformação", supostamente, ela se faz parecer com um galho de árvore, já que o inimigo é quase um Darth Vader (ele não diz isso, mas a Marcha Imperial sim).

E ainda acrescenta:


"Ela faz com que sempre fique com as costas viradas para o inimigo,
já que suas penas têm cor quase igual à de um galho."


2:40
なぜ、急激(きゅうげき)な変化(へんか)可能(かのう)であろうか?』

"Como será que é possível uma mudança tão radical?"

2:43

大量(たいりょう)羽根(はね)に覆(おお)われている

"É coberta por uma grande quantidade de penas"


(からだ)の大(おお)きさはさほど大きくない

"O tamanho do corpo não é assim tão grande"


一気(いっき)に羽根(はね)を収縮(しゅうしゅく)

"Compacta as penas de uma só vez"


É, as últimas frases são um pouco mais complicadas, mas espero que tenham dado risada com as técnicas de sobrevivência da pequena Popo-chan!

domingo, 29 de novembro de 2009

Intermediário - Conjugaçao verbal: させられた

Ufa, depois de alguns dias conturbados, cá estou de volta com o blog.

Gostaria de começar o post falando sobre conjugação verbal, com a seguinte frase:


『罰(ばつ)ゲームであひるの真似(まね)させられた。』


Bom, esse させられた é uma conjugação do velho conhecido するします. O que acontece é que houve uma fusão entre as duas seguintes formas:


させる eされる


Para ficar mais claro, vejamos dois exemplos:


『子供(こども)たちを反省(はんせい)させた。』

"Fiz as crianças refletirem."


主審(しゅしん)無視(むし)された。』

"Fui ignorado pelo juiz."


Ou seja, as duas formas são, respectivamente, de imposição e voz passiva.

O que acontece quando as duas se juntam?

Ora, fácil: uma imposição na voz passiva. É como nós dizemos:


"Fui obrigado a estudar" ou "Me fizeram pagar cerveja" etc.


Bom, na frase inicial, 『 significa "penalidade", então 罰ゲーム seria uma brincadeira de pagar mico, ou seja, um trote.


"Em um trote, fui obrigado a imitar um pato."


Não, não, isso não é uma confissão, ok?

Bom, como o post está ficando longo, vou terminar por aqui. Mas postarei outros exemplos usando essa conjugação!

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Aviso aos navegantes

Apenas para constar:

eu NÃO abandonei o blog, ok?

Digamos que estou incapacitado de escrever qualquer post devido ao acúmulo de coisas para fazer.

Mas logo as liquido. Ou liquidam comigo. Não sei ainda.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

今日の画像 - Imagem do dia - ほこり, ★


ほこり

/ho.ko.'ri/



ほこりアレルギーがありますから、くしゃみが止(と)まらなくなります。』


"Como tenho alergia a poeira, passo a espirrar sem parar."



Peço desculpas por não ter se quer respondido alguns comentários recentes, foi por falta de tempo mesmo.

Quem sabe agora consigo dar uma leve relaxada! :)