sexta-feira, 2 de outubro de 2009

De volta a Londrina, de novo. Agora com conteúdo.

Cá estou de volta, tentando postar algo de interessante depois de alguns dias de ausência!

Desde o início do blog, no final de fevereiro, esse foi o mais longo período sem publicar nada! Minha aluna Rafaela chegou a pensar que eu tivesse desistido dessa vida de blogueiro, mas foram só alguns compromissos 用事、ようじ)que me tomaram o tempo mesmo.

Estive em São Paulo para participar da dinâmica do trainee do Grupo Abril! Foi minha primeira experiência 初体験、はつたいけん) em dinâmicas de empresas de grande porte, mas surpreendentemente consegui controlar o nervosismo緊張感、きんちょうかん) e até que consegui me expressar com relativa desenvoltura.

Com certeza a minha experiência com aulas de nihongo contribuiu e muito com isso!

Ah, mas o resultado ainda não saiu, vai demorar mais umas duas semanas 二週間ぐらい、にしゅうかんぐらい).

Mas ao invés de escrever como foi a dinâmica e tudo mais, prefiro relatar um breve acontecimento que me fez lembrar do seguinte 四字熟語:


一日一膳

いちにちいちぜん



Bom, antes que eu explique o seu significado 意味、いみ), a situação foi a seguinte:

Lá estava eu na estação Barra Funda, indo em direção aos terminais de embarque dos ônibus. Foi quando avistei uma senhorinha, miudinha, de cabelo branquinho, com uma mala na mão direita e algumas sacolas na esquerda.

Estava sozinha tentando descer de escada rolanteエスカレーター), mas visivelmente com medo de dar o primeiro passo. Imediatamente, corri até a sua direção para dar apoio, quando confirmei que, de fato, se tratava de uma pequena おばあちゃん, já beirando seus 7o anos de idade!

O pior foi que, na tentativa de segurá-la pra que não caísse (sabe-se lá o que poderia acontecer!), eu mesmo acabei me desequilibrando e, por muito pouco, não foram os dois descendo a escada estatelados no degrau! Teria sido uma cena engraçada... menos pra mim e pra ela, claro.

A verdade é que ela conseguiu se equilibrar de volta antes mesmo que eu segurasse seu braço, mas mesmo assim começou a me agradecer freneticamente pela minha intenção de ajudar! Aí foi engraçado, pois ela percebeu meus traços "pouco" orientais e disse:


『もう年とし)と)ってるからね。頭あたま)がフラフラする!』


Como será que ela sabia que eu iria entender? Bom, na verdade ela não sabia, mas parece ter tido uma ótima intuição e acertou.

Ah, seria algo como:


"Já estou bem velhinha, então a cabeça fica rodando!"


Descemos juntos e, lá embaixo, me ofereci para levar as sacolas que ela segurava com a mão esquerda. Disse que não precisava, mas insisti e ela aceitou.

Perguntei para onde ia, e a resposta foi:

『Presidente Venceslau へ。』

E estabeleci um pequeno diálogo com ela, com o típico "bachanês", com português e japonês misturados.

Nesse meio tempo perguntei qual era sua plataforma, e ela disse número 27, a penúltima do bloco. A minha era a 18, uma das primeiras assim que se desce a escada.

Foi exatamente aí que pensei no tal do一日一膳.

Este kanji tem o sentido de bondade, então fica fácil entender a palavra, não? Seria algo como:


"Uma boa ação a cada dia"


Não que os japoneses (quando digo japoneses, me refiro aos nativos, não descendentes) tenham isso em mente 24 horas por dia 7 dias por semana, mas o simples fato de existir essa expressão demonstra que, sem dúvidas, eles pensam mais no próximo do que nós brasileiros. Isso é fato, digo por experiência própria.

Mas voltando à おばあちゃん, ela se mostrou muito grata pelo meu gesto tão simples e se despediu à moda brasileira, com um aperto de mão e beijo no rosto.

Foi um intervalo de... sei lá, 7 minutos (pra não dizer 5, como sempre), mas que teve um significado importante pra mim.

Por quê? Porque eu mesmo fiquei contente por ter ajudado alguém, mesmo que de maneira tão elementar!

Só exemplificando o uso da expressão, aproveitando o contexto:


一日一膳のことを思(おも)って、一人(ひとり)で荷物(にもつ)
(も)って行(い)くおばあちゃんを手(て)(つだ)ってあげた。』


"Pensando na boa ação de cada dia,
ajudei uma senhora que levava sua bagagem sozinha."



Não quero parecer utópico e sair dizendo "pratiquem uma boa ação todos os dias, assim faremos do mundo um lugar melhor para se viver!".

Mas gostaria que pensassem na expressão 一日一膳 pelo menos de vez em quando, e lembrassem que, muitas vezes, uma boa ação não exige absolutamente nada de você, mas pode significar muito para a outra pessoa, e consequentemente, para você também.


P.S. Nesse meio tempo fui pra Curitiba e voltei hoje cedo. Achei que conseguiria terminar este post antes de viajar de novo, mas só tive tempo agora!

2 comentários:

Jaqueline disse...

Olá Gabriel!

Muito legal o post de hoje!
Eu tb me sinto assim, parece piegas pra muita gente mas essa frase mostra algo muito importante, que sim, todos deveriam fazer.

Já estou anotando no meu caderno, e obrigada por fazer a boa ação de nos ajudar a aprender japonês!
Admiro pessoas como vc, que tem prazer em gastar o tempo ensinando outros.

Descobri seu blog essa semana, e tem muita coisa interessante aqui, já ganhou mais uma seguidora! Comecei a estudar há 4 meses, e estou me esforçando bastante, só preciso ter alguém com quem praticar.

本当にありがとうございます!!!

Soro disse...

Legal! Espero que tenha ido tudo bem na sua dinâmica! =)