sexta-feira, 9 de julho de 2010

Forma Super-Ultra-Polida.

Puxa, de novo abandonei o blog durante a semana...! Me sinto em dívida com os meus leitores que (por enquanto) não me abandonaram!

Então pensei em algo bem útil e... complicado, eu diria. Não muito complicado, mas digamos que é um dos assuntos que nos permitem concluir o óbvio: japonês não é fácil de se aprender.

Mas isso todos já sabiam.

...acho.

Enfim, vamos lá. Como você pergunta para uma pessoa:


"O que houve?"


A resposta é...

...depende. De quê? Por exemplo, do grau de intimidade entre as duas pessoas.

Se for algum rapaz perguntando para um amigo, pode ser:


どうした?』


E se fosse uma amiga perguntando para um amigo ou amiga?


どうしたの?』


De um modo geral, esse no final deixa a pergunta mais suave, o que não impede os homens de usarem também.

Mas se uma mulher perguntarどうした?』, fica muito, muito grosseiro. Pois é... coisas do idioma, não fui eu quem inventei!

Ok, e se for dirigido a uma pessoa mais velha, professor, chefe etc.?


どうしましたか?』


Essa é a forma polida, digamos assim, mas não super-polida, que veremos na sequência. Lembrando que o pode ser omitido, o que também deixa a pergunta mais suave.

O que vem a ser esta tal de forma super-polida? Sinceramente não sei se existe um nome próprio, mas o importante é saber que ela existe e que é bastante importante. Tanto para perguntar para os outros quanto para entender a pergunta dos outros! Eis a expressão:


どうなさいましたか?』


Sim, o します, na maneira mais formal possível, se transforma em なさいます. Mas para quem deve ser dirigida?

Para os clientes. Claro, existem inúmeros tipos de comércio, e talvez alguns não exijam tal grau de formalidade, mas no geral, o senso comum do Japão é que o cliente é soberano! Se for em um hotel, por exemplo, é bem provável que optem por esta segunda opção.

Ok, nem é tão complicado, é? A notícia ruim é que isso não acontece com este verbo, mas com... muitos.

Outro exemplo, bem rapidamente? Como se diz:


"Pode se servir"?


Do mais informal para o formal, temos:


(く)っていいよ。』


(た)べていいよ。』


食べていいですよ。』


どうぞお召(め)し上(あ)がりください。』



Pois é, nada haver a ver, não? Quem está acostumado a associar "comer" com 食べる corre o risco de não entender nada, com a última frase!

E antes que perguntem: esse 召し não tem a ver comめし』, a palavra masculina e informal para ごはん!

Ok?

É isso aí, no próximo post talvez eu volte para as fotos... :)

5 comentários:

LTerassi disse...

Aêêê! Posto novo! Lembra que você me deve 2 posts HAHA'

Caramba, essas formas ultraformais são interessantes, devem elevar o receptor às alturas, né?

E por que nessas formas, sempre se usam verbos irregulares (como o gozaru/gozaimasu)? Enche o saco xD

Keaton disse...

Essa forma super-ultra polida é um tipo de 敬語 (けいご), as chamadas "formas de tratamento", se não me engano.
Como nesse caso você está "elevando" a pessoa com quem fala, é a forma de respeito, 尊敬語 (そんけいご).
A forma em que você se "rebaixa" diante de outra pessoa é o 謙譲語 (けじょうご) (por exemplo, いたします no lugar de します e いただきます no lugar de 食べます).
Posso ter me enganado, confundido ou ter esquecido algo, mas pelo que lembro era isso mesmo.

Leonardo disse...

nós leitores ainda nao abandonamos seu blog, rsrs
fica tranquilo q nunca iremos te abandonar :)
mas meu estudo de nihongo anda meio devagar, e ja faz tempo q eu nao comento aqui..
fiva tranquilo e va aproveitar sua viagem ao japao.

ariel disse...

日本語は面白い言語ですね!
あなたのブログはとても良いですよ。
ポストありがとう ございます。
がんばってね!

Anônimo disse...

meshiagari eu aprendi no Mc donalds

wwwwww