quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Uso das partículas, parte II

Sobre o último post, a Luma disse não entender muito bem o uso da partícula の em frases como 『行(い)ですか?』 no lugar de 『行きますか?』.

Na verdade, é algo bastante simples, mas por se tratar de uma gramática voltada para a fala - e não para a escrita, com a qual estamos mais acostumados -, pode se tornar um pouco - só um pouco mesmo! - chato de entender.

Vejamos:


『桜井(さくらい)さん、来週(らいしゅう)のバーベキューは誰(だれ)行きますか?』



Essa seria a versão mais "normal", digamos. E esta abaixo é a alternativa:


『桜井さん、来週のバーベキューは誰が行くんですか?』



Qual a diferença? Algumas.

Do ponto de vista gramatical, na primeira frase, foi usada a forma ない, e na segunda, a forma infinitiva + , que é o disfarçado.

Isso é mais fácil de entender, mas o que fica implícito é a mudança no nível de formalidade. Uma analogia válida é:


"Sakurai-san, quem irá ao churrasco da semana que vem?"


"Sakurai-san, quem vai ao churrasco da semana que vem?"



Respectivamente, a primeira e segunda frase. Embora aqui no Brasil quase ninguém use "irá" no dia-a-dia, em nihongo o 『行きますか』 (e todos os outros verbos nessa forma) é usado sem causar estranheza. Mas como soa muito formal, eu diria que é mais comum ouvir 『行くですか』 mesmo.


Esse mesmo caso pode ser explicado com adjetivos:


『このデータの中(なか)ではどれが一番(いちばん)(いちじる)しいですか?』


Só um parênteses: 『著しい』 é um dos bilhões de adjetivos que nunca usei por aqui antes. Significa "relevante".

Se for uma frase escrita, ok, mas como está claro que se trata de uma fala, o mais natural seria 『著しいですか?』:


"Entre esses dados, qual é o mais relevante?"



Mas se me perguntarem:


"Por que surge esse の, do nada?"



Eu respondo:


"Não me façam perguntas difíceis!"



É sério! Eu não sei, só sei que é assim! :)

今日はここまでにしましょうか?

Ainda estamos no meio da semana, e preciso manter a minha média de 5 horas de sono por noite!

では!



6 comentários:

Mari disse...

Acho que não tem nada complicado aí :)
O "no" nesse caso é um jeito mais informal da fala japonesa no dia a dia. Se antecedido de verbo, este será na forma infinitiva.

Mari disse...

Se bem que já vi verbos terminados em "ta" precedidos do no. Então acho melhor dizer que os verbos serão sempre na forma informal também, já que o "no" neste caso está sendo usado numa linguagem coloquial :)

Marcus Aurelius disse...

Bah, média de 5 horas de sono?!! Um dia ou outro ainda vai, mas média é um caso sério!

carlaen disse...

Sobre o "no" em final de frases, didaticamente aprendi que era para dar ênfase, mas na prática não vejo uma diferença tão significativa assim. Talvez seja impressão minha.

Rogério Lima 23 Japan disse...

Olá Grabiel , o blog continua maravilhoso, força ai ! à gramática é complicada né, talvez falar seja mais fácil do que escrever...

Abraços

John disse...

Para usar o infinitivo sem の/ん, teria que terminar a frase num nível mais informal?