terça-feira, 19 de abril de 2011

No trabalho - Parte I

Desde que comecei a trabalhar na Honda, tenho usado o nihongo diariamente, seja para traduzir documentos ou para conversar com os staff que entendem português tanto quanto eu entendo de transplante de órgãos. Nesse meio tempo, percebi que uma dificuldade comum entre as pessoas que tentam se comunicar em japonês é a questão da linguagem usada no ambiente de trabalho.

Como se sabe, o idioma nipônico é meio transformer: muda de acordo com a situação, e dentro de uma empresa também existe um vocabulário próprio, cheio de peculiaridades.

Mas foi aí que reparei que essa é uma dificuldade minha também! Por não ter usado muito o nihongo profissionalmente - exceto dando aulas, que é bem diferente de dentro de um escritório -, logo percebi que me faltava familiaridade com o jargão corporativo.

Por isso, decidi abordar essa questão que espero que seja útil para as pessoas que eventualmente se deparem com situações parecidas.

Começando pelo começo: as saudações.

No início do dia, cabe um bom e velho 『おはようございます』 mesmo, lembrando que o 『ございます』 é obrigatório, salvo em ocasiões informais.

No ano passado comentei que, para a minha surpresa, おはようございます pode ser usado em qualquer horário do dia no ambiente de trabalho, mas como aqui no Brasil poucas pessoas sabem disso, talvez seja melhor restringir seu uso à parte da manhã mesmo. Isso porque seus colegas brasileiros podem olhar torto e pensar "Ele(a) tá dizendo 'Bom dia' às 3 da tarde?".

Pois é. Em outras palavras, de tarde cabe um 『こんにちは』, e à noite, 『こんばんは』.

O problema maior é na hora de ir embora! Engana-se quem acha que um simples 『さようなら』 resolva a questão. Isto é, resolver até resolve, mas não da melhor maneira. O mais adequado a ser dito por quem está se retirando antes dos demais é:


『お先(さき)に失礼(しつれい)します。』



Se a pessoa for educada, deve responder:


お疲(つか)れ様(さま)です!』



Nenhuma das expressões possui uma tradução própria, mas seria mais ou menos "Com licença, estou me retirando" e "Bom descanso", respectivamente.

De um modo geral, os japoneses são bastante esforçados e tentam nos saudar em português e até dizer algumas palavras simples, mas tenho certeza que eles se sentem muito bem quando a cordialidade parte do lado brasileiro também! Afinal, há de existir reciprocidade, certo?

Acho que está bom para o começo, não? Mais abordagem a seguir!

3 comentários:

Kiyomi, a.k.a. Piggy disse...

Oi Gabriel, tudo bem? Desculpa a demora mesmo em responder, em te comunicar, enfim, ao menos estou viva rs
Quanto à despedida ao sair do trabalho (お先に失礼します) eu uso direto, como você sabe. Até hoje meu chefe, japonês, se despede da gente com "tchau", em português mesmo!!! E eu: com お疲れ様です.

Realmente, nessa parte de formalidade no trabalho, é complicado, mas se usar direto, acaba se acostumando. E acaba esquecendo um pouco do informal...

Abraços!

decojin disse...

Pensou q era só eu q tinha ouvido um japonês falar おはよう às 5 da tarde com a maior naturalidade!

decojin disse...

Pensei*, quis dizer..
Não sei se é padrão em todas as firmas japonesas, mas aonde trabalhei ficava um japonês soltando seus お疲れ様でした para os trocentos peões cansados de tanto 残業!