sábado, 16 de julho de 2011

Sobrevivendo no comércio japonês - Parte III

Dando continuidade à série supracitada, vamos ver algumas das frases mais comuns na hora de pagar a conta.

Você se dirige ao caixa, e possivelmente é recebido pelo(a) caixa com:


お待(ま)たせ致(いた)しました。』


Essa é uma frase padrão que expressa um sentimento de lamentação por ter feito o cliente esperar, mesmo que isso não tenha acontecido. Claro, se de fato você ficar plantado em pé na fila, aí o pedido de desculpas vai ficar mais evidente.

Na seqüência, vamos supor que sua conta tenha dado ¥5680:


ごせんろっぴゃくはちじゅうえんになります。』


Naturalmente, você não é obrigado a entender o valor por extenso, porque ele é exibido em kanji:


五千六百八十円


...mentira. Isso só devia acontecer antes da 2ª Guerra, e olha lá. Hoje em dia até eles mesmos preferem exibir os números em algarismos arábicos, deixando de lado a complexidade dos ideogramas, por motivos óbvios.

Há algumas variações nessa fala, claro. Se for em uma コンビニ, loja de conveniência, não deve fugir muito da frase acima, mas se for um lugar um pouco mais requintado, digamos, poderia ser:


ごせんろっぴゃくはちじゅうえん頂戴(ちょうだい)(いた)します。』



"Mas como assim?", alguém pode perguntar. Afinal de contas, 『ちょうだい』 não é uma forma infantil de pedir as coisas? Pode ser, mas também pode ser utilizada da maneira acima, em um situação bem formal. Pois é, o japonês tem as suas facetas curiosas!

Bom, supondo que você entregue uma nota em que 福沢(ふくざわ)諭吉(ゆきち) está impresso,

deve ouvir como resposta:


一万円(いちまんえん)をお預(あず)かりします。』


Outra frase sem tradução direta, mas é mais ou menos como:


"Estou recebendo 10 mil ienes."


Até hoje dói um pouco no ouvido a palavra "ienes", mas tudo bem.

O おつり, troco, ficaria em ¥4320, portanto:


よんせんさんびゃくにじゅうえんのお返(かえ)しです。』


返します返す é o verbo "devolver, retornar".

Finalmente, vem a parte mais importante, que jamais pode faltar:


ありがとうございました。』


Não preciso traduzir, claro, mas um 質問・しつもん - dúvida - que pode surgir é: "Por que 『ございましたe não 『ございます』?". De fato, é meio difícil explicar a diferença entre as duas expressões; 『ました』 remete ao passado, mas não é tão simples assim.

Aliás... nesse caso até poderia ser dito 『ありがとうございます』, ainda que 『ございました』 seja mais comum (se não me falha a memória). Bom, enquanto não tenho uma explicação convincente do porquê de um e não de outro, digo o seguinte: é bem improvável que você saia de uma loja no Japão com o sentimento de que você acabou de fazer um favor, como costuma acontecer muito por aqui.

Embora um simples "obrigado" possa não parecer tão relevante, no 日本, a sua omissão já justifica uma bela demissão. Não que eu conheça algum exemplo real disso, mas quem conhece um pouco da cultura de lá sabe que não seria um absurdo.

Absurda é a cultura brasileira: "Se EU não sou tratado bem como cliente, por que vou me dar o trabalho de tratar os meus clientes bem?". Não em todos os lugares, eu sei, mas é o que predomina.

Bom, para concluir, o(a) atendente pode complementar com:


またお越(おこ)しくださいませ。』

ou

またお願(ねが)いします。』


Ou outras variações, mas o que querem dizer é basicamente "Volte sempre."

Acho que ainda há conteúdo para mais um post, que novamente espero fazer em menos de 10 dias! :)

では。

2 comentários:

Koga disse...

iai Gabriel, como vai?
eu to começando a ver seus posts agora e to vendo desde o começo
sera q vc poderia me responder si eu for comentando neses mais novos aki?
caso seja sim, obrigado
vc postou uma palavra japonesa e dise q era muito formal porem nao explicou ela = osewaninarimasu, oq seria?
vlw abraço

Gabriel disse...

Olá, Koga-san!

Osewani narimasu (お世話になります)é uma das frases mais importantes no dia-a-dia formal japonês. Em e-mails corporativos, quase aparece no início da mensagem.

Não tem uma tradução exata, mas deve ser utilizada sempre que a pessoa for lhe fazer algum tipo de favor, ou no início de alguma relação não pessoal.

Ok?