quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Voltando ao blog!

Pois é, みなさん, parece que cada vez mais o intervalo entre os posts vai aumentando... Não gosto de dar 言(い)い訳(わけ), desculpas, mas dessa vez realmente tive um 理由(りゆう), motivo: mudança de emprego.

Felizmente deu tudo certo no meu novo desafio profissional, mas como muitos devem saber, os processos de seleção costumam ser cansativos e deixam qualquer um tenso e principalmente ansioso.

Bom, agora que estou mais tranquilo, podemos voltar ao ブログ.

Logo no começo deste post lembrei de uma dúvida bastante comum: eu escrevi 『みなさん』, mas eu poderia ter escrito 『みなさん』 também?

Resposta...?

Não.

Quando você se dirige formalmente a um grupo de pessoas, deve dizer ou 『みなさん』 ou 『皆様・みなさま』, mas nunca 『みなさん』. Pelo seguinte: 『みんな』 é um termo informal, enquanto que 『さん』, como todos devem saber, indica respeito.

Foi bom ter tocado nesse assunto, pois várias vezes já vi pessoas escrevendo 『みなさん、こんにちは!』 ou algo similar. Se a situação for informal, aí sim pode dizer:


『みんな、早(はや)く行(い)こうよ!』

"Pessoal, vamos logo!"


Nessas últimas semanas, apesar de não ter postado nada, fiquei pensando no que poderia publicar, e pensei em algumas frases informais.

Por exemplo, alguém já teve vontade de dizer o popular "Nossa, tô viajando..." em nihongo, acabou pensando na tradução literal, 『旅行(りょこう)してる...』 e cometeu uma gafe?

Espero que não, mas para expressar que estava distante, com pensamentos em outros lugares, pode dizer:


ちょっとボケてる


ボケ』 pode até ser utilizado como um termo ofensivo, mas o verbo 『ボケる』, que naturalmente não é um verbo regular, tem um sentido parecido com o nosso "viajar".

Ligado a isso, temos a expressão "Não entendi bolhufas", certo? Ah sim, não sei se essa expressão é utilizada no Brasil inteiro, mas significa basicamente "Não entendi nada nada nada". Em nihongo, podemos dizer:


さっぱりわからん。』


A forma 『わから』, como muitos devem saber, é equivalente a 『わからない』; antes eu achava que era um regionalismo de Hiroshima, onde morei, e talvez até seja, mas descobri depois que o Japão inteiro recorre a essa variação.

Exemplo prático:


『これ、アラブ語(ご)だけど、わかる?』

"Viu, isso aqui é Árabe; você entende?"


『いや、さっぱりわからん。』

 "Não, não entendo nada."


Ok?

Mais uma expressão, então:


『うっそぉ、マジかよ?』


Esse 『うっそぉ』, na verdade, é 『嘘・うそ』, "mentira", e 『マジ』 é um termo coloquial que equivale a 『本当ほんとう』, "verdade". Fica engraçado ver os dois termos antagônicos quase juntos, mas é mais ou menos assim que se diz


"Ah, você tá de brincadeira, né?"


ou algo do gênero!

Reparem que, nas expressões em português, eu não usei nenhum palavrão, embora todos saibam que no nosso dia-a-dia, o mais comum é escutar frases recheadas de termos de baixo calão.

O fato é que, em japonês, fica até cômico tentar usar essas expressões com palavrões no meio. Não só por questão cultural, mas o próprio idioma em si não permite a montagem de frases com termos agressivos sem que fiquem estranhas.

Ainda bem!

5 comentários:

Leonardo disse...

Está de volta Gabriel-san, parabéns pelo novo emprego, além do mais, bom post explicando termos informais, que na minha opinião é muito importante.
Matta ne :)

Anônimo disse...

Gostei do seu blog, tem muitas dicas que não encontramos nos livros.
Obrigada

パテ disse...

Olá Gabriel, tudo bem?
Achei esse post muito bom, pois sempre me perguntava porque みんなさん estava errado.... já haviam me alertado para o erro, mas nunca me explicaram o porquê. Agora entendi, e as outras expressões também são muito boas!
Você faz um ótimo trabalho! Você e seu blog estão de parabéns!

decojin disse...

Parabéns pelo emprego, e que bom que você não esquece dos seus ávidos leitores ^^.
Quanto a ideia de posts, se não for abusar muito, acho que seria interessante um post sobre essas palavras que terminam em り (やっぱり, そっくり), elas são muito utilizadas, e pela ausência de kanji fica mais difícil de diferenciá-las.

Alec disse...

Seu blog é 10!
Parabéns