quarta-feira, 11 de março de 2009

Kanten (観点、かんてん)- Ponto de vista - oasis

Acabo de ficar sabendo, através do meu amigo Léo, que os irmãos Gallagher vão voltar ao Brasil, desta vez para 4 apresentações. Valeu, Léo!

Para mais informações, recomendo o oasisnews.

Sei de toda a polêmica que surge quando o assunto é oasis, mas vou aproveitar a notícia e escrever um pouco a respeito, tentando ser o mais imparcial possível.

Quem gosta da banda (o que significa conhecer algo além Wonderwall e Stand by me) sabe como foi sua trajetória do anonimato para o estrelato mundial, portanto vamos pular esta parte.

Mas e no Japão em particular, como foi?

Segundo fontes da internet, a primeira apresentação deles em solo nipônico foi em setembro de 1994.
"Uia, bem antes deles ficarem famosos aqui no Brasil!". Isso é óbvio.

Enquanto aqui na terra do samba as gravadoras nem se quer lançam singles (por que será...?), lá lançam versões de luxo, limitadíssimas. Não me esqueço de uma entrevista em que a Mariah Carey disse, sobre seu então novo disco:
"Vou guardar umas cópias da versão japonesa para algumas amigas, pois ela é mais bonita que a americana!"

E este é apenas um dos tantos exemplos que retratam a disparidade entre os dois mercados.

Mas voltando aos ingleses, é possível afirmar com certeza que lá eles são infinitamente mais populares que no Brasil. Não só por conta do gosto musical incrivelmente ruim que predomina por aqui, mas também pelo fato dos brasileiros darem demasiada importância às atitudes pelas quais os irmãos Gallagher ficaram famosos.

Em outras palavras, acredito que os japoneses valorizam mais a música em si do que comportamentos que, hoje, até os fãs mais ávidos (como eu) vêem como fruto da imaturidade da dupla na época.

Isto me fez lembrar do jogador Kaká falando da diferença entre os fãs brasileiros e italianos. "Aqui (na Itália) não há esse negócio de Kakazete. Eles me vêem como um jogador, apenas".

Não seria equivalente? Será que os países ricos encaram seus ídolos de uma maneira diferente?

Eu também defendo esta postura, pois deixar de escutar uma banda por conta de um comentário arrogante (...tá, no caso são... vários!) não é uma atitude condizente com quem diz gostar de música boa.

Mas enfim, no Japão, eles são idolatrados. Aliás lá é o próximo ponto de parada da turnê, onde fazem 7 apresentações do dia 18 a 29 deste mês.

Quem quiser, confira uma cena engraçada do Liam, num show em Yokohama.

E pra finalizar, uma curiosidade: sabe como os japoneses chamam a banda?

/'oa.shi.su/

É, aqui também se pronuncia errado ("oêizis"), mas lá eles nos superam! :P

Um comentário:

Suellen disse...

ah que interessante...!