segunda-feira, 27 de junho de 2011

Sobrevivendo no comércio japonês - Parte II

Puxa vida, e lá se vão mais 10 dias desde a última postagem... Mas antes esporadicamente do que nunca, certo?

Bom, conforme comentei no finalzinho do último post, vamos ver mais algumas frases que podem ajudar a vida de quem passeia pelo Japão.

Tínhamos visto até 『以上でよろしいですか?』, o que pode ser respondido com um simples 『はい。』. Claro, se quiser adicionar algo, pode dizer, por exemplo:


あっ(あと)ごはんを一杯(いっぱい)お願(ねが)いします。』


A pronúncia é importante, nesse caso. Se disser /i.'ppai/, com ênfase no "pai", vai soar como 『いっぱい』, o que dá a entender que você quer um monte de arroz. Aqui é /'i.ppai/, com o "i" mais forte. é uma medida, uma dose, ou uma tigela (ちゃわん), como no caso. Portanto:


"Ah, e ainda, me veja uma tigela de arroz, por favor."


Aí, é de se esperar que o garçom ou garçonete diga uma das frases imprescindíveis:


かしこまりました。』


Acompanhado por:


少々(しょうしょう)お待(ま)ちください。』


Seria algo como: "Entendido. Por favor aguarde alguns instantes."

Ah sim, esqueci de comentar, mas uma pergunta bastante comum, logo após entrar no estabelecimento, é:


禁煙席(きんえんせき)と喫煙席(きつえんせき)がございますが。』


Calma. Apesar de parecer palavras complexas, não chega a tanto. Acho que já comentei que o kanji 『』 sempre indica proibição, como em 『(た)(い)り禁止(きんし)』, "proibido entrar". Já 『』 também é lido como 『けむり』, "fumaça". Aí fica fácil entender:


"Temos ala de não fumantes e fumantes..."


É, não é uma pergunta, mas é uma maneira muito usada para averiguar a opinião ou preferência de alguém, terminando a frase com 『』. Por exemplo:


『アイフォーンは白(しろ)と黒(くろ)があります。』

"Temos iPhone branco e preto..."


Entendem? Deixa implícita a pergunta どちらにしますか?』, "Qual você gostaria?".

Voltando ao assunto anterior, vejamos...

Como pedir a conta?

Bom, é de se esperar que o gesto universal de "Me veja a conta!" funcione, e de fato funciona. Mas se quiser caprichar, pode dizer:


お会計(かいけい)の方(ほう)(おねがいします)。』


Mais uma vez, podemos deixar uma parte implícita; no caso, o 『お願いします』. O importante aqui é a palavra 『会計』, que é a conta em si.

Talvez alguém pergunte: "Mas e 勘定(かんじょう)』, não se usa?". Eu diria que... não, não muito. Acredito que seja uma palavra que tenha caído em desuso, pois é fato que quase não se ouve falar dela no Japão de hoje em dia (pelo menos pela minha experiência).

Ah, no Japão não existe taxa de serviço, tampouco gorjeta. O que pode ser cobrado além do valor consumido é o 消費税しょうひぜい, o imposto de 5%, embora em muitos casos ele já esteja embutido.

Lembro de uma vez, há mais de 15 anos, quando fui comprar uma barrinha de chocolate que custava ¥100 (e até hoje continua o mesmo preço), aproveitando o fato de ter justamente uma única moeda de ¥100 no bolso. Fui lá todo contente pagar, mas... a tia se recusou a vender a mísera チョコレートバー por causa de ¥3 de imposto! Pois é... foi assim, na prática, que eu aprendi o a palavra 消費税.

Ah sim, a taxa subiu de 3 para 5% no ano de 1997, se não me engano.

Bom, acho que a próxima parte seria o pagamento em si, mas... acho que já ficou meio longo, então vou deixar para a terceira e última (talvez penúltima) parte desse assunto! Prometo não demorar 10 dias até a próxima postagem. 約束(やくそく)です

それでは!

5 comentários:

Helio Ciffoni disse...

Muito bom! Prático, rápido, claro e útil!

Claudio disse...

Gabriel san, e a parte の方 da expressão de se pedir a conta? Ela é usada em outros tipos de expressões semelhantes? Teria o mesmo significado de direção? Ou mesmo de "聞いた方がいい。"?

Ótima série de posts! Com certeza vai me ajudar muito quando eu estiver por lá perdido :)

Kiyomi, a.k.a. Piggy disse...

久しぶり、ガブリエルさん!

O imposto continua 5% e já vem embutido na maioria dos produtos. Gorjeta nos restaurantes não tem, mas em alguns restaurantes chegam a cobrar taxa de adicional noturno (esqueço de ver sempre qual a porcentagem!)...

Gabriel disse...

Oi Kiyomi-san!
Ah, tem também aquele aperitivo que alguns restaurantes e bares servem... alguns chegam a custar ¥600!

Claudio-san, na verdade esse 方 não tem uma tradução própria... e é difícil explicar! Aqui, ele tem a finalidade de deixar a frase menos direta, pra variar! É diferente do exemplo que vc citou, também...

Lembrei de um exemplo: no programa musical ミュージックステーション, quando os apresentadores vão pedir pros artistas se prepararem para cantar, costumam dizer: 『では、スタンバイの方をお願いします。』. É meio difícil entender, talvez...!

Gabriel disse...

Helio, muito obrigado pela visita! :)